top of page

CATARINENSE ATRIO HOTEL MANAGEMENT VAI AMPLIAR PRESENÇA EM MINAS GERAIS



A Atrio Hotel Management, com sede em Joinville (SC), planeja chegar a 100 hotéis administrados até o final de 2023. Para alcançar a meta, a empresa do setor hoteleiro, que administra atualmente 75 propriedades no País, das quais duas em cidades mineiras, já conta com negociações avançadas em regiões que considera estratégicas. Belo Horizonte e entorno, interior do Estado e capitais como Salvador, Recife, Maceió e João Pessoa são algumas delas.

De acordo com o vice-presidente Comercial e de Marketing da Átrio, Cesar Nunes, ainda neste mês a rede passa a contar com mais um hotel em Poços de Caldas (Sul de Minas), onde já administra outra unidade. E está em vias de fechar a construção de um resort/centro de convenções nas proximidades da capital mineira.

“Não existe um hotel com esse perfil na região. Temos conversado com as maiores incorporadoras e construtoras do setor hoteleiro no Estado e em breve deveremos ter novidades. Provavelmente será feito por um grupo fechado de investidores”, revela.

Paralelamente, a empresa também prospecta empreendimentos turísticos, como por exemplo, para a região de Capitólio, no Sul do Estado. Lá, inclusive, há um hotel na fase de licenciamento ambiental, que em breve começará a ser implantado e divulgado para o mercado. Em Lavras, na mesma região, há outra negociação de um hotel também em construção. E em Ouro Preto (região Central) existe um que envolve patrimônio e funcionaria como um marco para a empresa e para a cidade, dada a importância das cidades históricas.


Empresa do setor hoteleiro atua com projetos greenfield e de conversão

Esses projetos hoteleiros, conforme Nunes, são todos greenfield. Mas a Atrio também opera com conversões. Neste caso, é grande o foco na Capital. O executivo lembra que Belo Horizonte foi uma das capitais que mais desenvolveu a rede hoteleira a partir dos incentivos visando a Copa do Mundo de 2014.

“Este é um mercado que também temos buscado parcerias, pois há várias propriedades de gestão familiar ou de outras companhias do setor. E também alguns projetos que pararam durante a construção – são pelo menos quatro esqueletos que nos interessam. É difícil viabilizar, retomar as obras, analisar a proposta do empreendimento e ver o que dá para resgatar. Mas temos o objetivo de anunciar até o início do ano que vem algo de conversão”, afirma.

Hoje a empresa soma em seu portfólio R$ 3 bilhões em empreendimentos hoteleiros que administra. E o objetivo é encerrar 2023 com 100 hotéis e mais R$ 1,5 bilhão em carteira, por meio de conversão de hotéis ou projetos greenfield.

“Nosso raio de prospecção está concentrado de Belo Horizonte para cima. No Sul do País já estamos consolidados, em São Paulo temos 19 propriedades administradas e vislumbramos outras oportunidades para crescer. É nestes locais que direcionamos nossos esforços. Somamos hoje 11 mil apartamentos administrados, o que nos posicionou no top 3 do estudo Hotelaria em Números – Brasil 2022”, conclui.


Fonte: https://diariodocomercio.com.br/negocios/catarinense-atrio-hotel-vai-ampliar-presenca-em-minas-gerais/

Publicado em 25 de outubro de 2022

Bình luận


bottom of page